✩bell

 
Registro: 04/10/2016
um segredo: eu sou assim mesmo: esquisita, louca e feliz...
Pontos84Mais
Próximo nível: 
Pontos necessários: 116
Último jogo

em um mundo caótico só me resta filosofar... ***

20/11/2016       
psiuu..
bom dia e lindo domingo...

que seja doce...

em um mundo caótico só me resta filosofar...
"A VIDA MEU BEM é transitória, absolutamente tudo caminha rumo as suas próprias bifurcações, suas meias verdades, seus vieses tortos e suas xícaras de chás das cinco. As vezes a vida tem a pontualidade britânica de um inglês, em outras, nos pega desprevenidos de pijamas e meias no sofá da sala. E ela vem devorando tudo, comendo o tempo e jogando restos mortais em nossas caras atônitas, e nós mosquitinhos da pequenitude, nada fazemos diante da sublime absurdez do destino e dos acontecimentos. Diante disso cabem-nos a apatia da estagnação, a bravura estúpida dos revoltosos ou a tranquilidade esperançosa dos sábios."
vou de tags, pq de uber tá caro demais... n2.99.gif

15135811_1499996370015104_66825237610111

15107271_1496666317014776_90392542898670

15078602_1493175477363860_70107184258347

15036567_1492323647449043_92205255964595

14963350_1491370477544360_74890995777585

15037305_1488278371186904_23172614300042

15027660_1488278014520273_13231667420956

14962581_1484417961572945_70409338069875

14955940_1480433095304765_56086144651266

14563311_1472917516056323_16266560728216

14705682_1472411866106888_76844498516587

14670764_1468016896546385_46264854044533

14680597_1464608363553905_39582788173290

14724482_1462445690436839_64225494413607

14681753_1457102330971175_81111177619888

14671166_1455350944479647_79500201128032

14516335_1452290828118992_19127668712535

14495392_1445700665444675_26184680635345

14522822_1444444445570297_31578331518653

14080009_1418083561539719_30052475997430

beijos e carinho, bell
14446179_1442374082444000_33079792603701

lutando com os monstros interiores...***

19/11/2016       
psiuu...
bom dia e lindo sábado!

que seja doce...

lutando com os monstros interiores...todos carregamos monstros interiores que nos aterrorizam, eles minam nossas forças de reação e dilaceram alguns sonhos, precisamos aprender a identificá-los e matá-los, expulsar definitivamente, não temer, perder os medos e inseguranças.

 disse o filósofo: “Precisamos resolver nossos monstros secretos, as nossas feridas clandestinas, a nossa insanidade oculta (Foucault, 1998).


menina_observano_monstro_medo.jpg

  “ Só há um meio de matar os monstros: aceitá-los

Existem emoções negativas que vivem em nosso interior como monstros que nos espreitam, e que vêm à luz no momento mais importuno, como a culpa, o medo, a soberba, o egoísmo, a inveja, os ciúmes…

 

Às vezes é complicado superar um sentimento de culpa por algo que fizemos, ou é inevitável sentir medo diante de uma situação que nos preocupa.

 

Apesar de não ser possível eliminar as emoções negativas, é possível aceitá-las e gerenciá-las para conviver com elas e para que não dirijam nossa vida.

 

“As emoções são como cavalos selvagens. Não são explicações que nos ajudam a seguir adiante, mas nossa vontade de seguir em frente”.

-Paulo Coelho-

 

Identificando os monstros e as emoções

Todos nós podemos aprender a identificar e gerir nossas emoções. Podemos chegar a identificar as emoções de outras pessoas através da inteligência emocional, com o que conseguiremos sentir o que a outra pessoa sente por meio de suas palavras, gestos ou expressões.

 

Charles Darwin analisou que os animais têm um extenso repertório de emoções e que essas emoções têm uma função social, já que favorecem a adaptação ao nosso entorno.

 

Existem seis emoções básicas e cada uma tem sua função. São as seguintes:

Medo

É a emoção que sentimos diante de um perigo, seja ele real ou imaginário. O medo nos incita a nos proteger e salvaguardar.

 

Surpresa

Assombro que sentimos diante de um acontecimento inesperado, seja positivo ou negativo. A surpresa nos permite nos orientar diante da nova situação.

 

Aversão

O asco que algo nos produz e que nos faz rejeitar algo.

 

Ira

Sentimento de irritabilidade diante de uma situação que nos incomoda. A ira é um sentimento negativo e destrutivo.

 

Alegria

Euforia por algo que nos faz felizes e nos dá uma sensação de segurança e bem-estar. Nos convida a querer repetir essa situação para sentirmos isso novamente.

 

Tristeza

É o sentimento que os eventos negativos nos causam. A tristeza nos leva a superar uma situação e a trazer para fora nossas emoções.

 

Técnicas de gerenciamento das emoções

Existem várias técnicas para controlar e gerenciar as emoções negativas, que são agrupadas em várias categorias:

 

Técnicas de controle emocional imediato

São utilizadas para controlar nossas emoções justamente no momento em que surgem.

 

Geralmente têm a ver com o manejo da atenção. O que se tenta evitar é que, quando nascer uma emoção negativa em nosso íntimo, a expressemos e nos deixemos levar por ela.

 

Técnicas para descobrir as causas de nossas emoções

Trata-se de um conjunto de técnicas que buscam compreender o que nos faz reagir de uma certa maneira e descobrir como de reagir de forma diferente.

 

Pode se tratar de uma falta de autoestima, uma percepção errônea da situação, de medo etc.

 

Não somos responsáveis pelas emoções, mas sim pelo que fazemos com elas.”

-Jorge Bucay-

 

Técnicas de mudança emocional permanente

As técnicas de mudança emocional permanente propõem um trabalho profundo com nós mesmos, que proporciona um crescimento para deixar de reagirmos como não desejamos.

Como aceitar os monstros

Não podemos evitar sentir emoções, mas podemos aprender a gerenciá-las e a aceitá-las para que não nos façam mal.

 

A seguir, damos alguns conselhos para gerenciar sua inteligência emocional e controlar os monstros internos:

 

1- Lembre-se de suas virtudes e êxitos

Todos temos muitos defeitos, mas também muitas virtudes que nos diferenciam e nos tornam pessoas únicas.

É comum falarmos o tempo inteiro coisas negativas sobre nós mesmos: Isso sempre me acontece!, Sou um desastre!, Sempre chego atrasada! etc.

Mas nunca paramos para pensar em todas as virtudes que temos, em todas as coisas que fazemos bem, em nossos êxitos diários.

 

2- Distraia sua atenção com algo concreto

Quando um bebê chora, o primeiro que fazemos é tentar distraí-lo para que pare de chorar.

Não deixe sua mente divague. Se seu companheiro lhe disse que não está seguro sobre o relacionamento, não fique pensando que ele vai deixá-la, pense no livro que estiver lendo.

 

3- Pense no futuro mais imediato

Às vezes as emoções negativas nos fazem pensar nas consequências a longo prazo, mas é melhor pensar no futuro imediato, de forma que sejamos mais realistas e possamos manter o autocontrole.

 

4- Medite regularmente

Já foi comprovado que meditar é eficaz para evitar os pensamentos negativos, não apenas quando são produzidos, mas também a longo prazo.

Meditar e respirar corretamente pode ajudar a diminuir a ansiedade e outras emoções negativas.

 

5- Pense no pior que pode acontecer

Se você pensar no pior que pode acontecer a você, aprenderá a relativizar seus problemas e a gerenciar o controle de suas emoções.

 

“99% de tudo o que preocupa as pessoas são coisas que nunca aconteceram e nunca acontecerão”.-Emilio Duró- “

 

TEXTO ORIGINAL DE A MENTE É MARAVILHOSA – Aran Andrade


beijos e carinho, bell


https://www.youtube.com/watch?v=b3k4rn0Y-uA

.

 

ó ki sua perigueti...***

18/11/2016       

psiuu...
boa tarde!

que seja doce...

todo mundo conhece uma periguete, certo?

eu tenho uma amiga periguetíssima....mas como reconhecer uma? e como ser uma “ periguete “ de respeito

 

 piriguetes-no-transito.jpg


Antes de mais nada, cabe esclarecer que, o correto de escrever é Periguete, porque vem da palavra Perigo e não Pirigo. Mas como o Brasil inteiro escreve Piriguete, não sou louca para contradizer milhões de pessoas.

Antes de ser Piriguete na forma e embalagem, uma Mulher é Piriguete na sua cabeça.

Basta ver que, muitas Mulheres, pagam uma de casta, mas no fundo, são umas tremendas Piriguetes.

Outras, por mais que tentem, se vistam e se comportem como uma, não cola.  Sabe, não combina com a mobília.

Daí, se Você, quer se tornar uma Piriguete, antes de mudar o Look e Comportamento, tem que mudar a cabeça.

Mas enquanto isso não acontece, pelo menos, finja. Mas finja bem.

Aqui estão alguns Passos para quem quer se tornar uma Piriguete, isto é, se Você já tem as ferramentas, e só falta aprender a trabalhar.

1.Vista-se Com Pouca Roupa.

 

bruna-marquezine-salve-jorge.jpg?quality

Uma Piriguete, independente da temperatura, nunca sente frio.

Pois sabem que o Homem é visual, e quanto mais mostrar seus atributos físicos, mais fácil se torna passar a mensagem.

Use e abuse de roupas justas e coladas. Mini saia e micro short, é o uniforme da turma.

O decote é fundamental. Quanto mais turbinados os seios, menor deve  ser ele.

E por último, o salto. No mínimo 10 cm. De preferência, acrílico. Rasteirinha... Nem pensar !

2.Sempre deixe entendido nas entrelinhas que está a fim de dar para o Cara se ele fizer o que Você quer.

maxresdefault.jpg 

Toque bastante nele, faça trejeitos, voz fininha e deixe subentendido que, no final, se sair como Você espera, pode cobrar o combinado.

Use sempre o recurso do toque. Um Homem que é tocado várias vezes pela Mulher, se sente desejado. Bem, aí é meio caminho andado.

Mas por favor, deixe implícito de tal maneira que, se aparecer alguém melhor, foi ele que entendeu errado.

 

3.Nunca se contente com pouco .

 gata-tuning.jpg

Se Você está com um cara que tem um carro, e aparecer um que tem moto e carro, largue o primeiro e fique com o segundo.

Se um terceiro aparecer com duas motos e dois carros, largue o segundo e assim sucessivamente.

A pior decisão para uma Piriguete, é escolher entre um rico ou um famoso.

Geralmente um famoso tem dinheiro, só que a fama passa e ele volta a ser pobre.

Prefira sempre o rico. O dinheiro também passa, mas demora mais do que a fama.

 

4.Não Tenha Amigas.

 Cuv0Y5rW8AEd8BQ.jpg

Por não respeitar uma regra fundamental entre as Mulheres, que "Amiga não pega Homem de Amiga"  - isso é considerado traição - dificilmente uma Piriguete tem Amiga.

Se tiver, só pode outra Piriguete. Sendo redundante, é aí que mora o Perigo.

Pois se o seu cara for melhor do que o dela, é lógico que ela vai tentar tirá-lo de Você.

Depois, só resta ficar falando mal dela; até Você fazer o mesmo com outra, e ela ficar falando mal de Você.

5.Esnobe as Maria Gasolinas e as Marias Chuteiras.

 e-desce-ate-o-chao-para-delirio-da-galer

Não se misture com essa gentalha. Honre seu nome.

Você não é nenhuma das duas. Pode até ser as duas juntas; mas uma só, jamais.

Ah, também esnobe as barangas, vadias, vacas, vagabundas e galinhas.

Você também não é nenhuma delas, no máximo, todas juntas.

 

6.Não seja uma Piriguete Amadora.

 507606083368241.jpg

A Amadora, quer ficar e dar para todos os Homens. A Profissional, só para um.

Qual ?  O rico e famoso.  Lembra?

7.Nunca se apaixone por um “ Pirigão “.

homem%2Bpegador.jpg 

O Pirigão é conhecido no Universo Masculino como “ Pegador “.

Ele é igualzinho a  Você, só que de outro sexo.


hi hii...

qualquer coincidência com alguém é pura coincidência...kkkkkkk


bell


dani, essa é uma obra de ficção, num é indireta não!


https://www.youtube.com/watch?v=sDydYQjpVgQ

.

 

vamos sorrir, porque chorar entope o nariz! ***

18/11/2016       

psiuu...
bom dia!

que seja doce...

vamos sorrir, porque chorar entope o nariz,
vamos ficar zen, porque desesperar não ajuda ninguém,
vamos acreditar, porque hoje é sexta e o fim de semana logo  vai começar...

11139001_434962280008702_808625466223506

menos blá blá blá e mais ação...

15109628_654538018051126_238688706498812

todo mundo tem que aprender isso:
15032258_654535124718082_440148241132234

kkk...lembrei de amigos gaúchos:
14980771_648117302026531_221578757561655

kkk....entendeu? n19.99.gif
14925431_648116168693311_703984298308265

faz parte...
14900503_647243585447236_480662822059680

essa tag não deixa de ter razão:
14670705_636626329842295_277383334366337

uma grande verdade:
14222177_618239808347614_188980891807350

e é isso:
14022340_607580479413547_100333552509770

isso mesmo! cadê meu chocolate?
14183706_618239661680962_752348221215461

e pra hoje: uma dose de sexta-feira bem vivida! sorrisos e bom humor!
beijos e carinho, bell

13920965_607732842731644_822290242137287


tags do face cantinho da felicidade

uhullll 
14022103_607579802746948_351507000368345

meu repúdio e indignação...***

17/11/2016       

psiuu...
bom dia!

que seja doce...

meu repúdio à governantes corruptos e indignação...
hoje cedo mais um ex governador foi preso pela operação lava-jato, ontem foi o garotinho em "cana", e muitos ainda irão ( ainda bem! )
indignação com o rumo que nosso País toma...pela omissão à saúde, à educação
meu repúdio à situação que colo abaixo...

‘Esta água tem uma coisa dentro dela que está acabando com a vida da gente’
Texto: Larissa Gould. Fotos: Leandro Taques. 
agua

Dona Eliane Gomes da Silva, tem 67 anos, 28 em Cachoeira Escura. No rosto e nas mãos as marcas de uma vida cheia de privações. Nos convida para entra em sua casa, durante a marcha do Movimento dos Atingidos por Barragens – MAB, em sua passagem pelo distrito. O único cômodo é dividido em quarto, sala e cozinha. Nos recebe na porta, sua filha senta em um sofá ao lado, o outro filho ao seu lado, o terceiro deitado em uma cama nos fundos. Começa a falar rápido, antes mesmo de ligarmos os equipamentos. As angustias de mãe têm pressa para serem botadas para fora. Contadas àqueles jornalistas desconhecidos que se colocam em sua frente. No desespero por ajuda, nos confere sua confiança.

agua4

É casada e têm três filhos. Arrimo de família, recebe uma pensão de R$ 600,00 “e ainda pago aluguel”. O marido faz pequenos serviços gerais e de pedreiro para complementar a renda. Os dois pescavam no Rio Doce para fazer um extra. “Era muito bom antes da Lama, o povo todo pescava e nadava. Dava para tomar a água direto do Rio que não tinha problema”, lembra.

Nos mostra as manchas na pele dos filhos, e até do cachorro “Já passei óleo queimado nele, não funciona, um até já morreu”, relata.

A família toda está doente. Assim como os vizinhos. Ela perdeu 30 kg e sente dores no corpo, na barriga e na cabeça. Seu marido  tem uma infecção no ouvido há meses “saí pus com sangue”. A filha de 17 anos teve uma infecção uterina. Todos têm doenças na pele. Mas o caso mais grave, é o do filho mais velho, enfermo na cama: não anda, não fala. “Ontem eu gastei meu último dinheiro para pagar o carro que faz mudança para levar ele na UPA, por que a ambulância não quis vir pegar”. O médico não dá diagnóstico algum. “Disse nada. Perguntou o que ele tinha comido. Digo: é a água. Daí ele não falou mais nada. Aplicou as injeções, mandou tomar uns comprimidos e mandou para casa. Os comprimidos eu não comprei não por que não tenho dinheiro”. Na hora ele até melhorou, mas foi só chegar em casa que já caiu de cama.

agua-2

Por conta disso, teve que comprar os mantimentos da família fiado na vendinha local. Não sabe como vai passar até receber. “Liguei na Samarco, eles dizem que ‘vão vir visitar, vão vir visitar’ até hoje não veio ninguém.”
Na conversa, dona Eliane relata, além dos problemas com a água contaminada e doenças, dificuldades para a realização do cadastros dos atingidos, até hoje ela e sua família não receberam o cartão, com o valor de um salário mínimo + 20% por dependente, que a empresa deveria dar aos atingidos.

Veja seu relato (a parte que conseguimos gravar =] )

Jornalistas Livres: O que mudou na vida da senhora e do Distrito depois da Lama?

Eliane: A situação aqui é essa, nós sobrevivíamos dos peixes. Nós não pescava, não era com carteira, mas nós pescava para comer e para vender. E a barragem vai, arrebenta e vai tudo embora as nossas armadilha. Agora, estamos vivendo com as graças do senhor, e nós bebemos dessa água. Por que a bica que tem a outra água é tanta gente que até seca. E nós bebemos dessa água e cozinhamos dessa água e ficamos tudo doente. Esta daqui (aponta para a filha) foi para o hospital 4 vezes, este daqui (aponta para o filho ao lado) deu pereba na perna e no corpo todo. Eu adoeci e tô com gosto de barro na boca.

JL: A família toma esta água todo dia? Existe outra água para usarem?

E: Uai, vai fazer o quê? A gente tem que comer, dinheiro para comprar água mineral não tem. No começo o povo começou a partir as águas mineral aqui. Depois ó (faz um gesto de fim com as mãos) parou. Tavam batendo até nos outros aí por causa de água. Teve até briga, tirando sangue aí dos outros.

Disse que tinha gente pegando água mineral e vendendo. Eles tavam dando para matar necessidade. Mas disse que tavam vendendo água mineral. É por isso que parou. Por causa de uns, outros dançam, né?

Filha: E ninguém mais aguenta ter que ir buscar água na bica.

JL: E onde fica a bica? Como funciona?

E: É uma bica que tem ali embaixo. Tá que nem procissão de tanta gente. Dá até briga naquela bica ali por causa de água. E a água lá quando o sol tá muito quente a água seca. A água seca. E aí a gente tem que beber desta água, cozinhar com ela, tomar banho com ela.

JL: Quantas vez por dia vocês vão buscar água?

Filha: Não dá para ficar ir buscando toda hora, né. Meu pai tem problema na coluna e não pode ficar indo toda hora.

E: Ele tá indo buscar água doente. O prefeito diz que também toma desta água. Eu digo: toma dessa água? Cê é rico, se paga para para buscar água longe e para comprar água mineral. Agora, nós que somos pobres que vive das graças do senhor não temos condições de comprar. Mas Deus vai ver o que faz para nós, por que a minha vida tá sofrida viu? Tá sofrida com esse problema desta água, adoecendo a gente dentro de casa aqui. Não tem jeito não, é só Deus mesmo para tomar conta de nós. O povo já pegou número de CPF e nada.

JL: Mas onde a senhora fez o cadastro?

E: Fiz ali com o pessoal ali, já tem quase um ano e não resolveu nada. Diz eles que cadastrou né, eu ligo para a Samarco e a Samarco todo dia diz que tá vindo aqui visitar. Todo dia eles tão vindo visitar aqui e nunca que eles vêm visitar. Eles tá querendo é isso, que a gente morra. É isso que eles querem. Eu não tenho uma casa, um lugar para mim poder mudar daqui para mim usar uma água que não tem infecção nela. Água não tenho condições de comprar, então a gente tem que morrer aqui mesmo, bebendo a água.
JL: Mas quem fez o cadastro da senhora? Te deu algum comprovante?

E: A gente fez o cadastro lá com o Celso.

JL: Mas o Celso é da Samarco, da prefeitura, de alguma igreja ou instituição?

Não é de igreja não, nem da Samarco, é um homem que conserta televisão. Ele pegou nossos dados e falou para a gente entrar com um advogado. Eu digo, me dá o dinheiro que eu pago o advogado.

JL: Então, na verdade a senhora nem sabe se o seu cadastro foi feito. Esse tal de Celso pegou os dados da senhora, mas não deu nenhum comprovante. A Samarco não veio aqui fazer o cadastro?

E: Não sei.

Filha: Não, não veio ninguém da Samarco aqui.

JL: Nem da prefeitura?

Filha: não, nada.

E: Eu ligo para a Samarco e eles dizem que vão vir nos entrevistar e não vêm. Eu digo, ‘depois que nós estiver tudo no caixão vocês não precisam vir mais não. Não precisa vir.

Filha: E tem um monte de gente recebendo por aí e a gente nada.
JL: E a saúde da senhora?

E: Eu vou secando, vou só secando. Meu peso não é este, meu peso era 60 kg. Eu tô pesando 32 Kg. Aqui em mim (aponta para a barriga) dói tanto que parece que tem uma bola, demora duas horas pra mim conseguir andar e eu tenho que ficar assim (se contraí) parece que tem uma coisa me cortando. Quando eu bebo está água eu vomito, dá vomito. É essa água. Esta água tem uma coisa dentro dela que está acabando com a vida da gente.

Filha: o médico falou que eu não estou mais conseguindo fazer ‘as coisas’ por causa desta água, que dá problema no intestino.

E: Ele ali (aponta para o filho ao lado) pegou pereba na perna, sabe o que eu tive passar? Pó secante. Secou, mas ir por dentro? Como fica?
A gente tá todo intoxicado, aquela ali (aponta para a filha), teve até infecção no útero. Na garganta também. Meu marido tá com o ouvido todo inflamado, sai até pus com sangue.

O único dinheiro que eu tinha, que era para eu fazer compra pra mim comer mais meus filhos, eu paguei o carro para levar meu filho para a UPA. Por que a ambulância não quis socorrer. O restantinho que eu tinha para comer dentro da minha casa. Agora eu precisei de comprar troço fiado pros filho comer. Não sei da onde eu vou arrancar esse dinheiro para pagar.

JL: E os vizinhos?

Mesma coisa. Muitas pessoas aqui intoxico tudo. Aquela vizinha ali (aponta para o lado) adoeceu tudo e perdeu até o pai. O pai da minha vizinha morreu, por causa desta água aí. A água infeccionou ele todo.

JL: E os animais de estimação da senhora?

Morreu até um. Já morreu um cachorro já. Morreu um cãozinho dos meu. Da mesma água que nós bebe, eles bebe. Da mesma comida que nós come eles come. Eu passei óleo queimado no cachorro e não adiantou nada. Um até já morreu.

JL: E um ano depois do desastre? Como tão as coisas?

E: Nada foi resolvido, então eles tá querendo é isso. Que a gente morre.

quando li a reportagem acima fiquei muito indignada, revoltda, com dó do desespero que nosso pobre povo passa pra viver, trata-se de tentar viver dignamente
viver num País onde corruptos predominam é devastador....

beijos e carinho, bell

fica difícil dizer que a vida seja doce diante de tanto sofrimento...

psiuu...empoderamento feminino ***

15/11/2016       
psiuu...
bom dia e lindo feriado!

que seja doce...

empoderamento é a palavra da moda no momento....

a melhor definição de “empoderamento feminino” seria:  é o ato de conceder o poder de participação social às mulheres, garantindo que possam estar cientes sobre a luta pelos seus direitos, como a total igualdade entre os gêneros, por exemplo. Esta ação consiste no posicionamento das mulheres em todos os campos sociais, políticos e econômicos

A Entidade das Nações Unidas para a Igualdade de Gênero e Empoderamento das Mulheres (ONU Mulheres), desenvolveu uma lista com 7 princípios básicos do empoderamento feminino no âmbito social e profissional:

.Estabelecer liderança corporativa sensível à igualdade de gênero, no mais alto nível.

.Tratar todas as mulheres e homens de forma justa no trabalho, respeitando e apoiando os direitos humanos e a não-discriminação.

.Garantir a saúde, segurança e bem-estar de todas as mulheres e homens que trabalham na empresa.

.Promover educação, capacitação e desenvolvimento profissional para as mulheres.​

.Apoiar empreendedorismo de mulheres e promover políticas de empoderamento das mulheres através das cadeias de suprimentos e marketing.​

.Promover a igualdade de gênero através de iniciativas voltadas à comunidade e ao ativismo social.

.Medir, documentar e publicar os progressos da empresa na promoção da igualdade de gênero


 

abaixo posto texto de Marcel Camargo, dando uma visão masculina sobre o assunto.

 

Emp.jpg

“Essa mania que temos de dar uma atenção demasiada à opinião dos outros, de ficar levantando hipóteses sobre o que vão dizer sobre nós e de fugir ao que se quer, com medo de olhares acusatórios, acaba nos afastando de reais possibilidades de encontrarmos o nosso melhor e de sermos muito mais do que pensamos. É prudente ponderar o alcance de nossos atos na vida do outro, mas anular-se por conta de ditames e regras insustentáveis neutraliza o potencial de encanto, beleza e brilho que todo mundo tem dentro de si.

E, infelizmente, as mulheres, muito mais do que os homens, parecem se importar em excesso com as opiniões alheias, prestando absurda atenção ao que vestir, como se maquiar, de que forma dizer, de que maneira se comportar. A mídia possui um forte papel nesse comportamento, haja vista os ideais femininos que veicula diariamente, impondo juízos de valor homogeneizantes, nocivos ao fortalecimento do que é próprio de cada ser humano, em suas essências diversas. As mulheres perdem muito com isso; a sociedade também. Todos, enfim, perdemos.

Quem foi que disse que só é bonito ser esquelética, que perna grossa dispensa roupas curtas, que não é para rir alto, que é feio chegar sozinha aos lugares, que mulher come pouco, que batom tem a cor certa, que chapéu não combina sem sol? Quem disse isso nunca foi capaz de admirar a beleza de uma mulher recém-saída de um banho, naturalmente linda. Ninguém sabe a melhor forma de se sentir à vontade e de bem com a vida, a não ser você mesma. Se não estiver prejudicando ninguém ao seu redor, o que importa é estar feliz - e ser feliz é ser o que você quiser verdadeiramente.

Todos temos uma luz própria que não pode - tampouco deve - ser ofuscada por medo dos julgamentos alheios. Ninguém tem o direito de determinar a forma como o outro vive a sua vida, quando não se prejudica outrem, pois cada um merece caminhar de acordo com o que tem para dar. Todo mundo possui algo a oferecer e jamais agradará com unanimidade; nem por isso haverá de ser desmerecida qualquer forma com que se caminha em busca da felicidade. Ninguém poderá se sentir mal ao seu lado, quando você estiver se sentindo bem consigo mesma.

A vida já nos faz enfrentar muitas dificuldades, ou seja, não precisamos de gente nos tolhendo o respirar transparente e sereno devido a valores que se chocam. Respeito é bom e todo mundo gosta. Temos que nos expor em tudo o que somos para termos a chance de errar e de recomeçar, em vez de nos antecipar diariamente ao que poderia acontecer e assim acumular as covardias dentro de nós. É preciso ousar e se despir de amarras que não são suas, para que você se encontre e possa se entregar ao verdadeiro encontro com a vida, em tudo de bom e ruim que ela oferece. Assim é que existimos, assim é que deixamos de ser invisíveis - e nada pior do que a invisibilidade, a morte em vida.

As mulheres são lindas à sua própria maneira, necessárias, singularmente especiais. São nosso porto seguro, a força no seio da família e o equilíbrio em meio às paixões que nos avassalam. Merecem, portanto, ser admiradas pelo que são, pela verdade de sua essência, pelo sorriso espontâneo e pela inteligência sexy que só as mulheres conseguem transpirar tão sutilmente. Seja alguém real, uma pessoa que esteja à vontade consigo mesma, vestindo o que mais lhe agrada, dizendo aquilo que pensa, dançando como louca no meio da pista ou comendo uma porção imensa de batata frita. Porque ninguém conseguirá lhe roubar o que é verdadeiramente seu. Porque nada pode ser mais encantador do que viver as próprias verdades.”


beijos e carinho, bell

 

psiuu....amor e paixão ***

13/11/2016       

psiuu...
bom dia!

que seja doce...

me encantam os escritores que nos fazem pensar que escreveram pensando em " nossos " sentimentos, desejos, amor e paixão
Pedro Chagas Freitas causa esse efeito em mim...suas palavras parecem as minhas...
as que eu teria dito se houvesse tido tempo

14947777_1165455803536222_72608247394569

É claro que o mundo às vezes é um cabrão; é claro que a vida às vezes é uma cabra. 
Leva-nos pessoas, leva-nos coisas, leva-nos sonhos. Às vezes leva-nos mesmo tudo (ou o que julgávamos ser tudo). 
Mas viver é suportar todos os cabrões e todas as cabras que a vida tem para oferecer.

Por mais lágrimas que chore há sempre uma que me faz levantar.

n36.gif

14963373_1165455436869592_55531338645037

A chave é sonhar.
E ter coragem. 
Ter a puta da coragem de ir contra o que assusta. 
Ter a puta da coragem de ir contra o que toda a gente pensa que é o mais certo. 
Ter a puta da coragem de não abdicar do que vês, de não tapares o que olhas, de não eliminares o que queres. 
Ter coragem. Sempre coragem. A absoluta coragem.
A chave é sonhar. Sempre sonhar.
E amar.


n36.gif

15032043_1165454866869649_82069611980071

Queria dizer-te. Queria.
Queria olhar-te. Olhar-te com força – como se olha com força? E dizer-te.
Dizer-te que sim. Sempre sim. Desde o primeiro não que sim.
Dizer-te que quero. Olhar-te com força. Dizer-te. Queria.
Dizer-te. Negar o não. Negar o não que desde sempre – onde começou o sempre? – foi sim.
Dizer-te menti. Dizer-te fugi. Dizer-te parti.
Queria. Dizer-te aqui. Dizer-te agora. Dizer-te já.
Queria. Sempre queria.
Queria, amor. Amor.
O imperfeito. Queria. O imperfeito.
Amor.


n36.gif

14956012_1165453910203078_17525575990861

Quero que saibas que lamento todas as lágrimas que te fiz chorar, todas as lágrimas que por ti chorei – mas lamento ainda mais todas as decisões que tomei por medo das lágrimas. Quero que saibas que amar também é chorar, que amar também é superar. Quero que saibas que envelhecer contigo é a parte boa da velhice. Quero que saibas que há uma ponta de loucura em nós, e ainda bem. Quero que saibas que há uma ponta de doçura em nós, e ainda bem. Quero que saibas que sou lamechas como sou desvairado, e que se não for de ti não sou de nenhum lado.

Quero que saibas que se só houver uma vida foste a mulher da minha vida. E se houver mais o serás também.

n36.gif

14980706_1165453416869794_10767761087805

O destino não é o que te vai acontecer; o destino é o que te está a acontecer.
O destino não se imagina; faz-se.
 Se queres ser a pessoa mais rica do mundo: trabalha.
 Se queres a pessoa mais amada do mundo: ama. 
Se queres ser a pessoa mais feliz do mundo: ri. 
Se queres ser a pessoa mais rápida do mundo: corre. 
Se queres ser o melhor escritor do mundo: escreve. 
Se queres ser o melhor palhaço do mundo: palhaça.
Só o que te acontece faz parte do teu destino.


beijos e carinho, bell

https://www.youtube.com/watch?v=ZrTNZTBFd4o

um dia...

psiuu....como é que eu pude? ***

12/11/2016       
psiuu...
boa tarde e lindo sábado...

que seja doce...

compartilho texto de Mônica Montone que fala sobre a desilusão de quando acaba a paixão, quando tiramos o óculos cor-de-rosa e passamos a enxergar a outra pessoa tal como ela é e sempre foi, aplico também esse texto ao mundo virtual....a gente enxerga no outro aquilo que “gostaríamos” que o outro fosse, meio complicado isso, mas a virtualidade nos faz criar ilusões sobre comportamentos e pessoas, a mais pura verdade é que só nos desiludimos por que nos deixamos iludir.

 

 

14738984_gaWqD.jpeg

 

“Quando olhamos para ele(a) e pensamos: como é que eu pude?

“Como é que eu pude?” Eis a pergunta que nos fazemos toda vez que o encanto de uma paixão se desfaz e acordamos de um sono profundo, sono este que pode durar mais tempo do que a sesta da Cinderela.

Existe o “tempo da delicadeza”, cantado por Chico Buarque, e, existe o tempo do “como é que eu pude?” – para alcançar o primeiro é necessário sentir o segundo.

O tempo do “como é que eu pude?” só acontece quando decidimos enxergar o objeto de nossa paixão exatamente como ele é, quando paramos de atribuir-lhe qualidades que nunca existiram.

Só se desilude quem se iludiu. Quem se enganou. Quem criou uma realidade que não existe. Quem se relacionou com um personagem – que teimou em não seguir o roteiro – e não com a pessoa real.

Quando nos perguntamos “como Fulano(a) pôde fazer isso comigo?”, no fundo estamos falando do nosso personagem, não do fulano(a) em si, pois se observarmos com cuidado e atenção, sem julgamento de valor, perceberemos que a atitude de Fulano(a) é extremamente compatível com o que ele(a) é de fato.

“Fulano(a) foi cruel, frio(a), indiferente, desumano(a), perverso(a)”. Estes são os adjetivos que costumamos usar quando nossos sonhos de um relacionamento perfeito vão por água abaixo e/ou quando nos sentimos abandonados.

Mas será mesmo que Fulano(a) foi  frio(a), indiferente, perverso(a), desumano(a), ou fomos nós que não quisemos enxergar que ele(a) provavelmente age dessa forma com ele(a) mesmo(a) e com todos que o(a) cercam? Que no fundo ele(a) nunca foi aquela pessoa sensível, delicada, doce, acolhedora e romântica que pintamos?!

Geralmente demoramos para chegar no tempo do “como é que eu pude?” porque não suportamos a ideia do vazio e do engano. Preferimos seguir entoando o hino brega de Peninha, “saudade até que é bom / é melhor que caminhar vazio” do que admitir para nós mesmos que nosso roteiro particular foi fracasso de bilheteria.

É claro que sem um bocado de imaginação, projeção e idealização não existiria a paixão. Porém, quando as coisas não vão bem e a personagem da nossa trama secreta abandona o set de filmagens (ou é demitida por mau comportamento) precisamos deixar de idealizá-la. Precisamos tirá-la do pedestal de estrela com direito a cem toalhas brancas num camarim privativo. Precisamos aceitar que Fulano(a) não era compatível com o papel e… abrir novos testes.

Toda vez em que deixamos Fulano(a) ser exatamente o que ele(a) é – e não o que imaginamos- acabamos chegando à pergunta: como é que eu pude? É batata! – como diria o saudoso Nelson Rodrigues. E é tão libertador! Experimente!”


beijos e carinho, bell


https://www.youtube.com/watch?v=dWdSOcIUH7E

.

 

psiuu...sonhando acordada ***

11/11/2016       

psiuu...
boa noite!

que seja doce...

 acabei de ler um texto bárbaro da Ita Portugal, compartilho..

tumblr_m8peylvQS81rbu975o1_500.jpg

"Enjoada 
Embrulha-me o estomago essa modernidade racista e preconceituosa mostrada em fotos sangrentas, que pune apenas porque o sujeito decidiu contrariar o óbvio e escolheu outra forma, e diga-se, individual, amistosa e pacífica de viver. 
Enjoei dos códigos de comunicação mais atualizados, com riscos, rabiscos, sinais e expressões para dizer que estou ok e nada mais me interessa. Fico tentando dizer algo mais, querendo falar de sentimentos, e, por falta de sinais para isso, fico cansada e deixo pra lá. Também não consegui concluir a leitura dos modernos tons por pura falta de comoção. 
Ninguém deve estar interessado nisso, mas ainda guardo as cartinhas do primeiro namorado. O caderninho de apontamentos, com algumas folhas em branco, para uma emergência afetiva. 
Enjoei das unhas coloridas em tons e enfeites dourados. Do último creme milagroso. Do cabelo cor de vinho tinto. Da chapinha, de frisante, longo e meio encaracolado, com e sem coquetel de frutas cítricas ou exóticas. Do salto plataforma, agulha, linha, baixo, deslizante ou emborrachado. Das noites de baladas intermináveis findadas em camas redondas com espelhos no teto, banho de ofurô e um bye bye sem número de telefone. 
Enjoei de ouvir falar do último rei da pista, momo, da moda, da comunicação, do amor ou do futebol. 
Contrario essas escolhas e continuo agarrada ao CD de Rita Lee, cantarolo as canções de Caetano, errando a letra, mas achando fenomenal.
 Choro com a poesia que foi cantada por Cartola. 
Ainda curto cinema com olhos marejados, perguntas que flutuam e mocinhos que são heróis. 
Envolvo-me na onda da solidariedade de Bono Vox.
 Gosto do clube da esquina, de ver a banda passar, da lua dos enamorados, das loucas verdades de Raul Seixas. Sou maluca beleza por uma casa no campo, sem trancas e um canteirinho cheio de ervas aromáticas. 
Não enjoo das pedaladas de bicicleta. De ler Guimarães Rosa. Escutar Nana Caymmi. Visitar um sebo e encontrar poemas de Pessoa. Cantarolar Mart’nália. Escrever cartões para alguém distante. Cozinhar a meu modo, sem nenhum tempero pronto ou receitas elaboradas com aqueles troços caríssimos comprados na Europa e que por sinal não têm gosto de nada comestível. 
Não enjoei das roupas de algodão. 
De olhar o fim de tarde.
 De acordar cedo e tomar café, acompanhada. 
De ir à feira. 
Cultivar flores.
 Conservar amizades.
 Conversar sem pressa.
 Ouvir conselhos dos mais velhos.
 Adormecer com barulho de chuva.
 Não enjoei das folhas verdes. Do céu azul. Da noite estrelada. Das pipas no céu. Dos barquinhos de papel na água. Da fruta madura no pé.
 Não enjoei do desejo melancólico de escutar as últimas notícias de que é possível ser feliz. "

Ita Portugal, in: Homens, mulheres, amores

beijos e carinho, bell

https://www.youtube.com/watch?v=L0MVxa5U-pM


.

se faz necessário dizer.... ***

11/11/2016       

psiuu...
bom dia!!

que seja doce...

se faz necessário dizer que sou menina, portanto não uso cuecas ( se bem que em portugal chamam-se calcinhas de cuecas, mas moro no brasil ...:) ), não sou o cueca azul, nada tenho com tudo isso, tou quietinha no meu canto, quando for pra fazer " achismos " achem com certeza e denunciem aos administradores.
não tenho essa índole tão maquiavélica de fazer nick fake para atacar quem quer que seja.

988621_549410705121546_364915737_n.png?o

"Mais vale um silêncio certo, que uma palavra errada...
Demora naquilo que você precisa dizer...
Livre-se da pressa de querer dar ordens ao mundo.
Em muitos momentos da vida
o silêncio é a resposta mais sábia
que podemos dar a alguém.
Hoje, neste tempo de palavras muitas,
queiramos a beleza dos silêncios poucos "
Pe. Fábio de Melo

beijos e meu carinho, bell

Páginas: 99