A GAROTA DO BLOG.

 
Registro: 14/08/2018
Pontos196Mais
Próximo nível: 
Pontos necessários: 4
Último jogo

O homem é mau por natureza?

15/03/2019       

O homem é um animal violento e instintivo por natureza, isso o manteve vivo e evoluindo através dos séculos, bem verdade, mas permanece até hoje. Hobbes acreditava que o homem tem a guerra dentro de si, que já nasce egoísta, vingativo e orgulhoso e com um instinto de sobrevivência que o impele a atos violentos, bellum omnium contra omnes (guerra de todos contra todos). Rousseau, não. Para ele, o homem nasce bom e sua bondade vai se esvaindo aos poucos.


Charge-violencia-na-faixa-de-Gaza-Duke.jpg


Segundo Rousseau, o homem nasce bom, a sociedade que o corrompe. Se refletirmos que o homem pode ser bom e ao mesmo tempo violento, então essa premissa é verdadeira. Quando repassamos a história da humanidade e de como a raça humana subverteu minorias em prol de riquezas, poder e conquistas, talvez não encontremos essa bondade. Mas ela existe? Não para Hobbes e sim para Rousseau. Este francês acreditava na bondade humana, mas sabia que era corruptível então, o homem se submetido à uma sociedade bárbara e cruel, poderia sim se tornar mau em um processo gradativo. Deixo a pergunta: existe ou existiu alguma sociedade dócil e provida de bondade o tempo todo? O homem poderia ser bom ou mau individualmente no entanto, quando em grupo, ele se tornaria aquilo que a maioria representa, ainda que não o fosse. Em um Estado absolutista, o homem estaria submerso no rebanho ou oprimido por este mesmo rebanho. Por fim, tanto Hobbes, quanto Rousseau estavam certos e o homem é aquilo que consegue ser.


AUTO-AFIRMAÇÃO-VIÉS-DE-CONFIRMAÇÃO.png


Vanessa Lemos.