Greys Anatomy

 
Procurando por: entretenimento
Registro: 28/06/2019
Pontos57Mais
Próximo nível: 
Pontos necessários: 143
Último jogo
Bingo

Bingo

Bingo
45 dias h

Álbums

Últimas visitas

Total de visitas: 52
18 dias atrás
18 dias atrás
18 dias atrás
18 dias atrás
18 dias atrás
19 dias atrás
19 dias atrás
19 dias atrás
26 dias atrás

Mural

  • Greys Anatomy43 dias h
    Não somos construídos para resolver, mas isso não significa que não tentaremos.
    Quando seguimos nosso coração, quando escolhemos não resolver, é engraçado. Não é? Um peso vai embora, o sol brilha um pouco mais, e por um breve momento, encontramos um pouco de paz.
  • Greys Anatomy43 dias h
    É uma daquelas coisas que as pessoas dizem. Você não pode seguir em frente, até esquecer o passado. Esquecer é a parte fácil. Seguir em frente é que dói. Então, às vezes, nós lutamos… tentando manter as peças no lugar. As coisas não podem permanecer as mesmas. Em algum momento, você tem que esquecer. E seguir em frente. Porque não importa o quão doloroso seja… É a única forma de crescermos.
  • Greys Anatomy43 dias h
    Podemos não gostar, mas é importante parar de vez em quando, sair de sua cabeça e refletir sobre a sua vida. Na verdade, descobrir que tem visto tudo de maneira errada… Pode ser libertador. E, de repente, você vê um novo potencial. Novas possibilidades. Onde não havia visto antes. E é ótimo quando algo horrível, de repente, fica bom. Infelizmente… Às vezes, seguimos outra direção.
  • Greys Anatomy43 dias h
    Há momentos em nossas vidas em que o amor realmente conquista tudo: cansaço, privação de sono, qualquer coisa. E depois há aqueles momentos em que parece que o amor não nos traz nada além de dor.

    Estamos sempre procurando maneiras de aliviar a dor. Às vezes, fazemos o que temos de melhor. Às vezes há momentos em que perdermos a nós mesmos. E às vezes tudo o que precisamos para aliviar a dor é dar uma simples trégua.
  • Greys Anatomy55 dias h
    Como saber quanto é demais?

    Demais, cedo demais. Informação demais. Diversão demais. Amor demais, ou demais pra se pedir de alguém? Quanto é demais de tudo pra que consigamos suportar?”
  • Greys Anatomy55 dias h
    Há um motivo para dizer que eu seria mais feliz sozinha. Não foi porque eu pensei que seria mais feliz sozinha. Foi porque eu pensei que se eu amasse alguém e depois acabasse, talvez eu não conseguisse sobreviver. É mais fácil ficar sozinho. Porque, e se você descobrir que precisa de amor? E depois você não o tem. E se você gostar? E depender dele? E se você modelar a sua vida em torno dele? E então… Ele acaba. Você consegue sobreviver a essa dor? Perder um amor é como perder um órgão. É como morrer. A única diferença é… A morte termina. Isso… Pode continuar para sempre.”
  • Greys Anatomy55 dias h
    .Há um velho provérbio que diz que você não pode escolher sua família. Você aceita o que o destino lhe dá. E gostando deles ou não, amando-os ou não, entendendo-os ou não, você se adapta a eles. Aí tem também aquele que diz que a família onde você nasce é simplesmente o ponto de partida. Eles te alimentam, te vestem e tomam conta de você até que esteja pronto para cair no mundo e encontrar sua própria família, sua tribo.”
  • Greys Anatomy55 dias h
    Você disse? Eu te amo. Eu não quero viver sem você. Você mudou a minha vida. Você disse? Faça um plano, tenha um objetivo. Trabalhe para alcançá-los, mas de vez em quando, olhe ao seu redor e aproveite, porque é isso. Tudo pode acabar amanhã.”
  • Greys Anatomy55 dias h
    Passamos toda a vida nos preocupando com o futuro. Fazendo planos para o futuro. Tentando prever o futuro. Como se desvendá-lo fosse aliviar o impacto. Mas o futuro está sempre mudando. O futuro é o lar dos nossos medos mais profundos e das nossas maiores esperanças. Mas uma coisa é certa: quando ele finalmente se revela, o futuro nunca é como imaginamos”.
  • Greys Anatomy55 dias h
    Esquecer e perdoar. É isso que dizem por aí. É um bom conselho, mas não muito prático. Quando alguém nos machuca, queremos machucá-los de volta. Quando alguém erra conosco, queremos estar certos. Sem perdão, antigos placares nunca empatam, velhas feridas nunca fecham. E o máximo que podemos esperar é que um dia tenhamos a sorte de esquecer.”

Páginas: 2