JCosmo

Procurando por: entretenimento
Zodiac sign: peixes
Aniversário: 1920-03-13
Registro: 02/04/2012
...tem um cachorro subindo no telhado! Logo teremos vários gatos descendo do telhado...!
Pontos83Mais
Manter o nível: 
Pontos necessários: 117
Último jogo

O CASAMENTO DE SUELLEN ou O POUSO DO CONDOR

14/01/2020       


O grande acontecimento do ano estava marcado para amanhã! Reinaldinho iria se casar!

Grande acontecimento?

Somente para eles, os noivos, é claro... Não!!! Claro que não!!

Grande acontecimento para toda cidade! Pois Reinaldinho, pessoa abastada e muito, iria promover a maior festa “boca livre” da história contemporânea. Uma festa de casamento para mais de 35.000 convidados, digna de uma futura menção no Guiness!

Os convidados?

Toda a cidade de Nhambiquara da Serra, num total aproximado de 20.000 pessoas (convidados formalmente com convite e tudo), os buffets (17 no total, um verdadeiro pool de buffets), calcularam também 5.000 “convidados” dos convidados, calcularam a parentela dos noivos que viria de fora, umas tantas autoridades dos três níveis governamentais, calcularam o pessoal de apoio, mais uns inevitáveis 2.000 penetras e chegaram a um montante de 35.000!

Para isto calcularam por pessoa; 3 pedaços de bolo, 500gm de salgados, 600gm de docinhos, 1kl de churrasco, 2lt de refrigerante, 6 latinhas de cerveja, 3 doses de destilado e um souvenir!

Isto tudo multiplicado por 35.000 mais 20 % de desperdício....

Foram utilizadas 16 carretas para transportar toda a comilança para a cidade! A música seria ao vivo, com vários conjuntos espalhados pela cidade! A festa seria concentrada no estádio municipal, “Pouso do Condor”, e se estenderia por toda a região em torno do portentoso, ocupando praticamente todo o limite urbano de Nhambiquara da Serra!

O estádio municipal era usado pelo time local, o Athletico Nhambiquarenserreano F. C., que defendia as cores da cidade na quinta divisão paulista! (Nunca saiu da quinta divisão, diziam que era coisa de sapo enterrado por lá... Vai saber!).

Estava chegando o grande dia!

Toda a cidade em alvoroço... Pois além da festa haveria um sorteio (Para os convidados formais) de 5 carros 0Km.

-“Eita”, sujeito abastado este Reinaldinho! - Comentava o povo!

Havia gente que já estava há 2 dias sem comer...

-Vou arrasar! – Diziam os esfomeados por opção...

Outros, ou a maioria, levariam (escondidas é claro) sacolas!

E tantos outros convidaram parentes de outras cidades, por conta própria é claro, para participarem da maior boca livre contemporânea...

Alguns dias antes o turismo na cidade cresceu por conta dos penetras que chegaram antes, temendo serem impedidos de entrarem na cidade no dia da festa...

- Que sujeito abastado este Reinaldinho...- Só se ouvia isto!

Pois é...!

Mas quem era Reinaldinho?

Além de bem sucedido fazendeiro e exportador de gado, era acionista em 32 empresas nacionais, das quais em 7 era majoritário, e acionista em 12 empresas estrangeiras, empreendedor de informática e...

...solteiro!

Até agora!

Chegou o grande dia!

E o povo foi chegando, todos bem arrumados, o convite formal pedira isto, foram tomando as dependências do portentoso municipal, Pouso do Condor, tomando as cercanias, as ruas da cidade, as praças...

O casamento?

O compromisso mesmo foi assinado na fazenda e os noivos iriam se dirigir ao estádio municipal para a concretização do casamento, com a bênção do padre, a troca de alianças, o beijo selador da união e para a maior boca livre contemporânea!

E o povo foi chegando...

E os noivos também!

20.000 pessoas...

Mais os convidados “extras”...

Mais os penetras...

A parentela dos noivos...

As “otoridades” de fora...

1500 garçons...

2000 seguranças...

Pessoal do apoio logístico...

35.000 pessoas!

E os noivos chegaram...

Fogos! Alvoroço!

Dirigiram-se ao centro do gramado, onde estava armado um enorme palco! O sistema de som era super profissional! Em qualquer lugar da cidade, através de um moderno sistema de caixas de som, as informações chegavam on line! Havia telões também, para acompanhar a breve cerimônia!

E o povo, sentado à mesa, ouvia atento o locutor, só esperando a hora em que iriam liberar a comilança!

Chegaram no centro do palco...

Os padrinhos... O noivo... Genitores... A noiva... A noiva?

Adriana este era o nome dela!

Uma garota comum de vida comum, da cidade de Nhambiquara da Serra, muito bonita por sinal!

Ela 20 anos!

Ele 40!

Ela virgem de tudo! Ele... quis assim!

Iriam se conhecer na noite de núpcias, um casamento ideal!

Iriam realizar a cerimônia (simbólica, já estavam casados) no meio do palco, no centro do gramado. Mas no inicio da cerimônia eis que surge lá embaixo no meio da multidão, que se abria feito o Mar Vermelho, uma bicicletinha... Vindo, vindo...

...vindo ...vindo em direção aos noivos!

Todos pararam, os seguranças não intervieram, afinal era o sr. Palmiro, o carteiro! Ninguém impede o sr. Palmiro de cumprir o seu dever...

...nem os seguranças de Reinaldinho!

O sr Palmiro, extremoso profissional, impecável em seu uniforme reluzente, todo equipado, com seu alforje e seu crachá, chega gritando, ou apregoando;

- Telegrama, telegrama...

E era para o Reinaldinho!

Ninguém contestou! Um telegrama naquele dia, naquela hora...

Que hora!!!!!

Seriam negócios? Um crash na bolsa?

Morte de algum parente ou amigo? ...impossível, estavam todos ali!

Terremoto? Tsunami? Tufão? Tornado? ...isto só para ficarmos na letra “T”!

Então, Reinaldinho muito nervoso pegou o telegrama das mãos do sr Palmiro, deu-lhe as alianças de gorjeta, que as devolveu aos padrinhos, abriu o telegrama... e  leu!

Leu...

...e leu!

-NÃOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO! - "Murmurou” gritando, e o som foi captado pelos microfones e chegou a todos os 35.000 convidados!

Largou o telegrama no chão e se aproximou da linda Adriana, com seus puros 20 aninhos, muito bem vestida num leve e bonito vestido de noiva.... Ecoou aquele murmurinho na assistência, no palco, e então...

...Reinaldinho puxou o vestido da noiva, levantou-o acima da cintura, todos estavam petrificados, foi muito rápido, baixou-lhe a calcinha e...

 Estava lá:

-Um pênis!!!!!!!! - Gritou ele!

Era um menino!

Um lindo menino!

Um lindo menino de 20 anos e virgem!(?)

Acabou ali o casamento simbólico! O verdadeiro seria também anulado logo após, naturalmente, também, por excesso de documentos falsos!

Reinaldo ficou chocado, afinal, depois da legalização do casamento entre pessoas do mesmo sexo, ele pensou ter encontrado ali sua cara metade!!

Dizem que foi coisa do sapo enterrado ali...

Mas a festa rolou solta e bem informal, os carros foram sorteados e vejam só, o prefeito e família ganharam todos!

...faltaram sacolinhas!


.................................................................................................................................................................................................................................................. JCosmo