dulcor

 
Registro: 30/09/2007
Pontos155Mais
Próximo nível: 
Pontos necessários: 45

Você é o maior interessado nisso

20/10/2019       

É estranho um indivíduo que vem à rede social afirmar sua felicidade.

Uma coisa é você dar na pinta que é feliz, outra é querer afirmar isso.

Imagina alguém que vem à rede social e posta piadas e tudo mais que é engraçado. Tá na cara que essa pessoa está feliz e melhor, ainda que involuntariamente, ela quer que quem a ler se sinta da mesma forma pelo simples fato de postar algo que a deixou feliz. Simples!

Em contrapartida, supostamente na mesma rede surge aquela pessoa que afirma estar feliz e deixa evidente que está muito mais preocupada em convencer de que é feliz.

Esse tipo de comportamento geralmente tem como objetivo atingir alguém, ao invés da presença da felicidade ser um fato.

É como se a pessoa quisesse atingir um inimigo, desafeto ou alguém com quem teve uma relação cujo término causou alguma frustração.

Então a pessoa quer provar a Deus e o mundo que está feliz, mal sabendo que essa atitude atabalhoada demonstra mais suas angústias do que outra coisa.

Aliás, a felicidade é um estado volátil. Pode-se estar feliz hoje, e isso não garante a felicidade amanhã.

Mas as pessoas se preocupam tanto com a felicidade em estado estático que esquecem de viver cada momento feliz, cuja soma é que vai decidir, lá na frente, se alguém foi ou não feliz nesta vida.

E a propósito, aquele que é feliz está ocupado demais com isso e a última coisa com que vai se preocupar é querer provar isso a alguém, principalmente em rede social.

 

FSdN

 

 

https://www.youtube.com/watch?v=0o4IFY28D44