dulcor

Registro: 30/09/2007
FSdN
Pontos10Mais
Manter o nível: 
Pontos necessários: 190

Nota zuada, Robinho e Gang bang

17/10/2020       

Sábado não tem lei, porque é dia de eu entornar e isso independe de ser ou ou não dia noite de plantão, se bem que não é o caso. Cheguei hoje e já enchendo o pé, no aconchego do lar e esperando o plantão de amanhã à noite.

Mas vamos ao que interessa, sem rodeios.

E o Robinho hein? Condenado por estrupo estupro coletivo.

E eu nem vou entrar no mérito da condenação, porque não sou juiz e tampouco sei dos detalhes do caso.

Mas o curioso é a situação em si.

Estupro coletivo.

Robinho e uma rapaziada praticaram sexo com uma moça albanesa.

Daí eu fui no google saber o nome da prática sexual que envolve vários homens e uma mulher (rs), e me deparei com a definição “gang bang”.

Sério isso?

O fetiche é foda. E a galera anda confundindo filme pornô com realidade.

O lance é o seguinte:

Um gang bang, quando não praticado em filme pornô ou com uma prostituta profissional (com documento de consentimento assinado), tem todas as chances da dar uma merda astronômica!!!

Foi o que aconteceu com o Robinho e sua trupe, que também deve ser condenada, se é que já não foi, eu não sei.

E, particularmente, esse lance de sexo grupal, além de impessoal demais, expõe física e psicologicamente os envolvidos, ainda que se use preservativos, que os participantes sejam envolvidos por uma emoção momentânea da atmosfera, enfim...

Mas não julgo e respeito quem sustente o fetiche, mesmo que motivado pelas produções milionárias da indústria pornô, que é uma das mais prósperas porque remunera mal os protagonistas porque subliminarmente deixa subentendido que deve pagar menos àqueles quem fazem do prazer a sua profissão.

Contudo, leis devem ser seguidas, e o respeito posto em pauta.

Além do mais, eu prefiro curtir sozinho aquilo que é meu. O barato é maior e transcende quaisquer fetiches. A individualidade tem tudo a ver com intimidade (particularmente, sem cansar de repetir).

E ainda que perdure as fantasias e afins, a integridade física e psicológica de si mesmo e de outrem devem ser preservadas e postas a frente de quaisquer fantasias.

Não sei se o Robinho é culpado ou inocente pelo suposto crime, pois não acompanho o caso.

Mas deveria pagar caro, e à parte, pela burrice e “bisonhice”.

 

FSdN

 

 

https://www.youtube.com/watch?v=aIqALWIjnSg