Um olhar demorado.

 
Procurando por: amizade, entretenimento
Registro: 04/07/2019
Apaixone-se pelo clichê, porque no fim a vida é um grande clichê.
Pontos58Mais
Próximo nível: 
Pontos necessários: 142
Último jogo
Bingo

Bingo

Bingo
7 dias h

Relacionamentos Humanos.

11/07/2019       

Olá! Boa leitura.


Temos tanto medo que alguém nos machuque que raramente vamos até ao fim de uma situação, pulando fora baseado em nossos achismos, antes que tal pessoa “seja escrota” ou algo do gênero conosco. Findamos, muitas vezes, um problema sem saber com clareza qual era a sua verdadeira raiz. É falta de comunicação e falta de confiar no que sentimos.

Relacionamentos humanos são altamente sensíveis e podem se findar por motivos banais; por nossos próprios erros que não queriam ter sido cometidos, mas que simplesmente fugiram ao nosso controle. Ainda não sabemos lidar muito bem. A humanidade, muitas das vezes, é bastante imatura, especialmente em assuntos que são superestimados em que nos cobramos perfeição. A mentira, por sua vez, ultrapassa o nível de infantilidade beirando a covardia bem como o mau-caratismo.

Relacionamentos humanos são tão superestimados que não entendemos que nosso valor e excepcionalidade independem do que representamos às outras pessoas. É essencial identificarmos o que nós verdadeiramente queremos e não o que a outra pessoa quer ou enxerga em nós. Seria interessante também distinguirmos um interesse real que os outros têm pela gente, como por exemplo por nossa mente e ideias. Isso muitas vezes passa despercebido, fazendo-nos contentar com um interesse mais instantâneo que todo o mundo geralmente tem: um interesse social e externo. Talvez as pessoas nem saibam o porquê de se aproximarem de outras, pois estamos todos perdidos em nós mesmos.

Os altos e baixos farão sempre parte. Temos de aprender a lidar com isso, começando por sentirmos o nosso valor especialmente nos momentos em que tudo parece estar contra nós, e não apenas quando tudo está dando certo. É importante que você não esteja contra você nos piores momentos; nessas horas, a expressão de nossa personalidade e dignidade devem se realçar.

Caroline Fortunato.

https://www.youtube.com/watch?v=JSGnrb2X7Ew


Volte sempre! n17.gif?v=122